sexta-feira, 28 de novembro de 2008

Fim de semana com os vampiros

Em um ano de ótimos álbuns, os caras do Vampire Weekend figuram em todas as listas de melhores lançamentos de 2008. Ao que tudo indica, a mistura de sons da banda agradou em cheio quem procurava algo diferente para ouvir. Confesso que, de primeira, estranhei um pouco o disco. O som dos caras é mais diversificado do que o single "A-Punk", a canção mais chiclete, faz parecer.

No fim das contas, temos um disco que não vai te fazer pular, mas que, com certeza, vai arrancar aqueles movimentos em que você, sentado na cadeira, fica balançando o corpo de um lado pro outro. É quase um reflexo.


1. Mansard Road
2. Oxford Comma
3. A-Punk
4. Cape Cod Kwassa Kwassa
5. M79
6. Campus
7. Bryn
8. One (Blake's Got A New Face)
9. I Stand Corrected
10. Walcott
11. The Kids Don't Stand A Chance

6 comentários:

Anônimo disse...

atlantic,

Comente um pouco o Chinese Democracy do Guns. Ainda não ouvi. O que você achou?

Desculpe fugir do tema "Vampire Weekends". Esse tb não ouvi ainda, vou escutar e comento aqui.

Abrazzzzz....

atlantic disse...

Cara, o Axl poderia ter deixado a marca Guns N´Roses de lado. Há pouca coisa nesse disco que lembre o som do Guns. Há muitas batidas e barulhinhos eletrônicos. Remete a um lance meio rock industrial.

Todo mundo sabia que Chinese Democracy não valeria a espera, mas foi uma questão de honra pro Axl. Então o disco acaba soando sofrível. A coisa que mais lembra o som do Guns é a faixa "Catcher in the rye", que não é nada genial.

Era melhor que o Axl continuasse fazendo cover do Guns em vez de lançar material novo. O abismo de qualidade entre as músicas antigas e as novas é muito grande. Em certas faixas a coisa soa como uma banda de heavy metal entre o Slipknot e o Metallica.

ss disse...

infelizmente tenho q concordar em partes

mas o guns eh foda e ponto final


o vampire eh bom. gostei

atlantic disse...

SS, ao contrário de muita gente que gosta de se fazer de cult, eu não tenho nada contra o Guns N´Roses. Tenhos os 4 primeiros discos da banda e já declarei meu amor por Appetite For Destruction. Sempre digo que o disco de estréia dos caras é foda.

Mas esse disco novo é do Axl em carreira solo e não querendo abrir mão de uma marca milionária, que é o nome GNR. Não é um lançamento da banda que a gente conheceu e gostou na adolescência. Forçou a barra com esse álbum.

atlantic disse...

Esse disco do Vampire é bem legal mesmo. Diferente de tudo que está rolando por aí.

:: Fräulein :: disse...

Sim, Guns teve sua fase boa, empolgante, com 7 ano já ouvia aquelas lentinhas de chorar e tudo, haha. Ficaram um tempo longe, ai veio com o The Spaghetti Incident? de covers, eu gostei muito, rsrsrs, foi a epoca em que comecei a ouvir rock escolhendo o q eu ia comprar de K7 pra ouvir e tal. Eu lembro q a critica meteu malha nesse album na epoca, ai eu fiquei curiosa e comprei.
V.W. ainda não ouvi com atenção, mas das que já escutei, enjoei muito rápido.