quarta-feira, 3 de junho de 2009

Como se faz

Chegar num festival e roubar a noite que seria do Nirvana. Que banda teria uma façanha dessas no currículo? A história é repetida, mas não custa dar um resumo: em 93, assim como quem não queria nada, o L7 fez um dos melhores shows que já passaram pelo Brasil. Deixou o Nirvana no chinelo na frente de uma Apoteose abarrotada de gente.

Tudo bem que o trio de Cobain, ao vivo, parecia uma banda cover ruim do Nirvana. Os caras ganhavam o público na atitude, e não pelo fato de tocar bem... Mas nessa noite não teve jeito. As meninas do L7 quase derrubaram as arquibancadas do Sambódromo. Como na época os singles do disco Bricks Are Heavy, entre eles a já clássica "Pretend We're Dead", tocavam muito nas rádios, o público ficou na mão de uma banda com hits e competência para causar um terremoto.

E já que estamos vivendo numa época dominada por bundões emotivos e rockinhos com baixos teores, esse disco serve para lembrar como se faz a coisa.


1. Wargasm
2. Scrap
3. Pretend We're Dead
4. Diet Pill
5. Everglade
6. Slide
7. One More Thing
8. My Integrity
9. Monster
10. Shitlist
11. This Ain't Pleasure

Até o cara sentou no palco para testemunhar o L7 roubando a platéia na maior cara-de-pau...

8 comentários:

iga_rio disse...

Fala Atlantic,

Po cara eu tava nesse dia :)
L7 foi animal !!! e Nirvana também arrebentou na minha opinião... nessa época eu escutava Nirvana 24 hs por dia... Esse foi disparado a melhor edição do Hollywood Rock.. bons tempos...
sinto muita fala do Hollywood rock.

Hj o Medina deu uma entrevista dizendo que o Rock in Rio vai voltar a acontecr no rio em 2011.

Ps.: Não sei se vc se lembra... mas nessa noite ai do Hollywood rock ainda teve duas bandas nacionais... Dr Sin e Engenheiros do Havai que foi extremamente vaiado pela galera..rsrs

Abraços,

atlantic disse...

Não consegui ingresso para essa noite. Estava lotado! Na TV achei o L7 muito foda. Já o Nirvana começou bem e depois ficou totalmente perdido. Foi uma noite inesquecível até para quem viu do sofá de casa.

Rock in Rio... O que será que vem por aí?

SS disse...

eu vi em casa... lembro do kurt altamente chapado

do L7, pra falar a verdade não lembro nao...

ah... rock in rio 4 ???
NXzero na cabeça ! vai ser a atração principal !!!

ahhahahahahaha

Henrique disse...

Esse foi o show que o Kurt ficou se masturbando (ou quase) no palco?

Se for, vi pela TV. Ele tava chapadaço. Gostei por isso, a chapação (musicalmente, nem tanto).

Kurt é show, pena que o filme sobre ele (do mesmo diretor de Elephat, que não lembro o nome) não foi tão legal.

Carlos. disse...

L7 pra mim é uma das bandas mais signifgativas do grunge, ao lado de Alice in Chains, é claro. pena que não conseguiu alcançar tanto o público como o Hole por exemplo, que sempre me pareceu ser uma banda de menor talento.

Como é que vc tá? blz?

atlantic disse...

Henrique, esse show do Nirvana é mostrado no "Live Tonight Sold Out" como exemplo do que de mais louco e descontrolado podia acontecer com a banda no palco.

Não vi o filme que você citou... cheguei a ficar curioso sobre ele mas li umas críticas bem desestimuladoras e acabei acreditando.

atlantic disse...

Fala, Carlos! Por aqui tudo em paz, cara! Vi que você resolveu a urucubaca digital lá do Rock club.

As meninas do L7 eram talentosas. Tocavam bem pra caramba e sabiam botar a platéia no bolso. Já a Courtney é pura pose. Nos shows do Hole o amplificador dela ficava com o volume quase no zero. Pode conferir no You Tube. O outro guitarrista da banda tocava pelos dois.

Giul, Discoteclando disse...

isso me fez lembrar que eu já fora um adolescente!! hahaha