sexta-feira, 6 de março de 2009

Folkin' a lot

Já notou a quantidade de artistas tocando folk ultimamente? A cada 5 minutos aparece um sujeito ou uma menina dedilhando o violão e cantando como se estivesse em 1960. Eu até poderia dizer que é a nova onda, só que essa já é velha. Mas é impressionante como ainda cola! São Marissas, Petes e Lauras a dar com o pau.

A onda é tão forte que até menina brasileira de 15 anos pega o violão para tocar folk. A justificativa é dizer que curte Johnny Cash e mandar com o violão (às vezes acompanhado de gaita) umas covers ou músicas de autoria própria, mas com versos que poderiam ter saído da lata de lixo da Joni Mitchell. Essa falta de originalidade, essa cópia, esses dedilhados com voz suave. Tudo isso cansa. Um faz, recebe elogios e, na semana seguinte, todo mundo vai atrás.

As pessoas pegam o violão para fazer o que o Bob Dylan fazia em 1964, mas o Dylan de 1965 já não queria fazer o que o Dylan de 64 fazia. O Dylan de 2009, então, nem deve se lembrar de como era o Dylan de 2003. É por isso que o cara é foda. As músicas mudam junto com ele. Afinal, passar 40 anos tocando exatamente a mesma coisa é função dos discos que ele gravou. Não dele. Se você quiser ouvir aquela versão, pega o disco. Só a garotada do novo-velho folk que ainda não sacou isso.

E então? Quem será que vem dedilhando o violão e recebendo elogios na semana que vem?



9 comentários:

Henrique disse...

Ainda bem que ando meio "alienado" do mundo musical (MTV, Globo, Radios em geral, Canais de Clip, não ouço/assisto nada).

Ter que agüentar uma galerinha pegando no vilão e achando que é a encarnação do Dylan (aquele de 65, que já morreu), não deve ser fácil.

Dylan, goste dele ou não, só tem 1!

Giul, Discoteclando disse...

isso me faz pensar novamente no contexto cíclico do mundo da música, de tempos em tempos, acontecem os revivals de estilos/épocas. agora é hora de revisitar os sixties, assim como nos 90 o que rolou foi uma visão voltada para os 70. Só é foda mesmo há pouco tempo atrás que tava a onde de reviver a década perdida, daí só deu merda.
No meio dessa safra de folk, tem muita coisa descartavél, mas também tem coisas muito belas (em pouca qtd, claro, rs).

atlantic disse...

Henrique, eu até gosto dessa música do Pete Molinari, mas o visual Dylan dele me incomoda. Você não consegue ver personalidade em alguém que suga totalmente a personalidade de outro. A música fica sem sal. É como copiar um caderno de caligrafia: não tem nada seu ali.

***

Giul, os anos 80, pra mim, podem ser resumidos por um instrumento: aquele tecladinho safado que estava em 90% das músicas daquela década. Quase ninguém escapou. E cores, muitas cores. Tudo parecia um circo.

Meu carinho pela década de 80 está no fato de ter vivido minha infância nela. De ter visto meus tios (todos ainda moleques) empolgados com a Blitz e com o Ultraje a Rigor.

E praia, biquini asa delta, edições clássicas da Playboy... No fundo a década perdida teve bons momentos.

Carlos. disse...

Nem me fale

um exemplo disso é aquela Malu MAgalhães, que esteve em goiania essa semana e nao dei a minima.

me desculpe, sei que ela tem um dom artistico acima da média.
mas será que não podeia ser menos obvia? fingindo ser Bob Dylan de saias.

SS disse...

Aí, mermão, uma pena esse blog perder tempo falando dessa palhaçada de 'onda folk'

quero mais que a mallu se folke !

e concordo com o Giul, a música é cíclica mesmo. Tô esperando a volta do grunge...

atlantic disse...

A volta do grunge não vai demorar. Pelo visto, os revivals rolam de 20 em 20 anos. Já estamos quase em 2010, então, o grunge vem aí. Com ou sem Kurt Cobain.

Mallu Magalhães me faz achar o Marcelo Camelo um lesado. E antigamente eu só achava o cara arrogante.

Rodrigo disse...

Cuidado pra não levar tiro dos fãs dos hermanos... esses caras são fanáticos!

Charles disse...

Meu caro, limaram meu blog novamente, puta merda, não dá pra acreditar, um monte de blog por ai fazendo a mesma coisa e nada acontece, até parece algum tipo de perseguição.Será que sou tão importante assim?? Estou pensando em parar de vez e mesmo que volte vou ter que repensar as postagens ou mesmo o estilo do blog. Estou muito chateado, embora soubesse que isso poderia ocorrer novamente. Qualquer coias segue meu e-mail: rockformasses@hotmail.com

atlantic disse...

Os fãs do Los Hermanos sabem respeitar a opinião dos outros. Contanto que seja a mesma opinião deles.