quarta-feira, 14 de janeiro de 2009

Juntando pó

Mark Lanegan tem uma carreira solo que, apesar de possuir uma qualidade inquestionável, vive abaixo do radar. Infelizmente, o ex-vocalista do Screaming Trees não colhe o merecido reconhecimento por seu trabalho nos últimos anos. Como pode um disco de covers tão bom como I'll Take Care of You passar em branco?

Fui procurar por aí as críticas ao álbum. Percorri a internet atrás de artigos e só achei elogios. Isso me faz pensar que esse lançamento de 1999 teve uma boa recepção, foi colocado na prateleira com a intenção de ser ouvido novamente, mas, por algum motivo, nunca mais foi puxado.

Dez anos depois, um pequeno passo pra corrigir essa injustiça. Clique na capa, baixe, grave e repasse esse disco pros amigos. Uma obra dessas não pode ficar parada na prateleira juntando pó.


1. Carry Home
2. I'll Take Care of You
3. Shiloh Town
4. Creeping Coastline of Light
5. Badi-Da
6. Consider Me
7. On Jesus Program
8. Little Sadie
9. Together Again
10. Shanty Man's Life
11. Boogie Boogie

2 comentários:

Henrique disse...

Cara, sou FANÁTICO com Mark Lanegan.

Tenho o primeiro dele, o segundo (o genial Whisky for the Holy Ghost), 3 Cds do Screaming Trees e, claro, baixei a discografia completa na net. Tem um EP dele, Weird chill, que é um dos melhores discos pra mim. Esse CD de covers (bem desconhecidos por sinal) também é uma obra-prima.

Outro que comprei e gosto muito é o Gutter Twins, que é o Mark Lanegan com o Greg Dulli (Afghan Whigs, Twilight Singers). Acho o CD deles (Saturnalia) muito bom, mas parece mais com Twilight Singers do que Mark Lanegan.

Ainda, comprei e gostei do Soul Savers, também com Lanegan nos vocais.

Se esse cara viesse no Brasil não perderia por nada... Cortava um braço para ver um show dele...

Valeu o post, excelente qualidade.

atlantic disse...

Olá, Henrique!

Cara, eu cheguei a baixar Twilight Singers quando você citou da primeira vez. Baixei o "as played by" (muito bom) e o "powder burns" (na audição ele acabou perdendo pro primeiro... questões de gosto, achei bem diferente)

Eu também curto os momentos em que ele comanda o Screaming Trees em ondas como "Dollar Bill", soltando a voz legal. Aquilo é a cara dele.

A carreira solo é sensacional. Queria ver um show dele num lugar pequeno, com som legal. Já imaginou Circo Voador com Mark Lanegan? Não ia ser pouca coisa não. E podia trazer a Isobel Campbell, que agradaria aos olhos.

Anotei as novas sugestões (aliás, sempre muito bem-vindas).