sexta-feira, 6 de fevereiro de 2009

Nova fornada

Acaba de sair do forno o primeiro disco do quarteto The Pains Of Being Pure At Heart. O grupo do Brooklyn, Nova York, está longe de ter um som inovador, visto que as referências mais diretas remetem a Belle & Sebastian e aos Vaselines, uma das bandas preferidas de Kurt Cobain.


Mesmo sem o mérito da originalidade, as faixas que saem desse álbum são extremamente agradáveis aos ouvidos. Canções que grudam na cabeça logo na primeira audição como "Stay Alive" e "This Love Is Fucking Right" são a garantia de que a banda terá, em breve, muitos seguidores.

Clique na capa para conferir.


1. Contender
2. Come Saturday
3. Young Adult Friction
4. This Love Is Fucking Right
5. The Tenure Itch
6. Stay Alive
7. Everything With You
8. A Teenager In Love
9. Hey Paul
10. Gentle Sons

6 comentários:

SS disse...

Po... o som é bom ! mas sei lá, garanto que você apostava que eu ia me amarrar, mas nem tanto ! mas de qualquer forma, valeu pela dica. Não consegui pegar uma 'música melhor'... o CD todo tá por igual na minha opinião. É dica do nosso correspondente???

atlantic disse...

Não, nosso correspondente tá devendo uma participação!

Cara, confesso que gostei da banda. Mas isso é fácil porque o som deles é aquela coisa batida, sem novidade, mas executada com muito jeito.

Realmente, achei que você ia gostar da banda porque eles mergulham nesse lago pop que você tanto curte.

Anônimo disse...

Iau!

ss disse...

tá pegando pesado comigo hein !

hahahhahaha

Rodriguez disse...

O correspondente queria começar a contribuir hoje. A idéia era mandar algumas fotos do Apollo que abrigou o (fantástico) show da Cat Power. Infelizmente o iphone da sra. Rodriguez foi perdido e/ou roubado. Vamos tentar alguma novidade semana que vem no show da Sharon Jones...

atlantic disse...

hahahaha... Safo, não foi em tom de crítica, não! É que vossa senhoria é mais antenada na cena, digamos, mainstream. (eita, termo velho)

***

Sacanagem, seu Rodrigues! Foi-se o iphone? Mas pelo visto o show da "baranga" foi bom, hein.